15.8 C
São Paulo
29 de maio de 2024

Tecnologia une SIEM e SOAR para orquestração e automação da prevenção cibernética

A solução trio da e-Safer combina uma complexa análise de dados, para detectar ameaças complexas e desconhecidas, com a execução de ações rápidas e automatizadas, que podem ser customizadas para cada tipo de negócio e situação.

A e-Safer anuncia as mais recentes funcionalidades da plataforma trio, que adiciona aos recursos do SIEM as funcionalidades de SOAR para monitorar, orquestrar e automatizar a prevenção em cibersegurança em diversos segmentos, como como finanças, bancos e fintechs, RH, meios de pagamentos, varejo, saúde, seguros, educação, entretenimento, esportes e grandes eventos, treinamentos, controle de fronteiras, segurança pública e defesa.

A proposta da plataforma trio é oferecer maior capacidade de gestão dos eventos relacionados à proteção da infraestrutura de aplicações e serviços digitais. Enquanto o recurso de SOAR é focado na resposta de incidente, automatizando as respostas e reduzindo tarefas repetitivas, o SIEM cuida do monitoramento dos eventos a partir da coleta de dados e análise de dados para fornecer visualização abrangente de potenciais ameaças e gerar alertas para ações imediatas. Esta combinação permite ações automatizadas de resposta aos incidentes, integração com aplicações externas via API, geração de tickets e aplicação de patches.

A plataforma é oferecida como serviço (SaaS) para apoiar as empresas em suas políticas de proteção de sua infraestrutura e de suas aplicações contra as ameaças complexas e desconhecidas e usa uma série de técnicas de análise de comportamento dos ativos usando contexto, enriquecimento de informações para detectar ameaças complexas e desconhecidas, sendo capaz de coletar dados de uma ampla variedade de servidores, aplicações, dispositivos móveis e redes para identificar padrões de comportamentos suspeitos”, explica Marcelo Pettengill, Diretor de Operações de Cibersegurança da e-Safer.

“Ao oferecer a plataforma trio como serviço, as empresas passam a contar com apoio especializado da estrutura da e-Safer para as suas equipes com visão abrangente dos eventos relacionado à cibersegurança, possibilitando que possam tomar decisões robustas e rápidas, elevando a sua capacidade de proteger a infraestrutura de TI contra os elevados riscos cibernéticos”, garante Pettengill.