15.8 C
São Paulo
29 de maio de 2024

Sesc Mato Grosso Sul promove integração de sistemas para otimizar a eficiência operacional

A plataforma Magic xpi faz a comunicação de dados entre sistemas de ERP, CRM, matrículas escolares, consultas de saúde e controle de ingressos, contabilizando 2.765.572 atendimentos em 2023.

O Sesc – Serviço Social do Comércio do Mato Grosso do Sul contratou a plataforma Magic xpi para promover a integração entre os diversos sistemas utilizados para garantir sua eficiência operacional, envolvendo a comunicação e trocas de dados entre as aplicações de gestão empresarial, clientes, serviços oferecidos, clube de benefícios e venda e controle de ingressos dos eventos culturais.

São mais de 120 mil trabalhadores do comércio credenciados e suas famílias em 12 unidades fixas e móveis no estado, que contabilizaram 2.765.572 de atendimentos em 2023, um aumento de 74% em comparação ao ano anterior.

Os serviços à população de todo o Mato Grosso do Sul incluem consultas e exames nas clínicas de odontologia e psicologia do Sesc Saúde (81.416 atendimentos); unidades escolares de Campo Grande e Três Lagoas (2.346 alunos no Ensino Fundamental e Médio), quatro academias (11.436 inscritos para musculação, pilates, natação, ginástica rítmica, funcional teen, jiu-jitsu e judô), hotelaria e turismo (15.204 hospedagens e diárias), restaurantes (377.188 refeições); escola de cultura e oficinas livres (5.595 matrículas).

Na área da assistência o Sesc MS efetuou a distribuição de 1.430 toneladas de alimentos por meio do programa Mesa Brasil com 668.556 pessoas beneficiadas, e também 1.603.831 pessoas alcançadas por meio dos eventos culturais e de lazer.

Cada serviço oferecido possui um sistema de gestão especialista, além do ERP MXM-Manager, CRM SCA (proprietário), RH Senior Sistemas, com o apoio da equipe de TI composta de 15 profissionais, dos quais três respondem pelo desenvolvimento e integração de sistemas.

As integrações eram complexas e feitas manualmente envolvendo uma grande quantidade de textos e planilhas, webservices, micro serviços e rotinas de exportação de arquivos – todos com padrões e arquiteturas diferentes – o que consumia a maior parte do tempo com sprints de entregas.

Para a escolha pelo Magic xpi, o Sesc MS considerou contratar uma ferramenta com capacidade de administrar este vasto universo de dados, com estabilidade e padronização na linguagem de programação. Como o Magic xpi é uma ferramenta no-code (sem código), orientada a fluxos de integração, com componentes pré-existentes, a equipe de desenvolvimento consegue realizar toda a sincronização de informações – incluindo os dados cadastrais dos usuários – de maneira eficiente e rápida entre os sistemas, garantindo as sprints de entregas com uma redução do tempo na ordem de 80%, segundo revela Wellington Moraes, Diretor de Tecnologia e Processos.

O executivo também destaca que estão sendo muito benéficas a padronização e a otimização dos recursos de TI proporcionadas pela plataforma Magic xpi, com elevado ganho de produtividade. “Os nossos desenvolvedores perceberam isso muito rapidamente, com a melhoria dos processos envolvidos na integração e com o fortalecimento da documentação e base de conhecimento”, afirma ele. “Agora, nós estamos na fase de promoção de melhorias nos processos que envolvem as integrações, visando garantir aumento da qualidade dos próximos projetos”.

“A visão estratégica do Sesc MS para padronizar as integrações é um diferencial no mercado. Muitos vão resolvendo os problemas de forma improvisada, sem uma preocupação de longo prazo e no final é difícil lidar com as consequências de um cenário caótico. Além da padronização, a solução dos problemas de forma produtiva já vem sendo observada”, afirma Rodney Repullo, CEO da Magic Software Brasil. “A primeira fase do projeto envolveu apenas um desenvolvedor e as integrações foram entregues em menos de 3 meses e logo foram colocados em produção”, acrescenta o executivo.