18 C
São Paulo
18 de abril de 2024

Domino’s Pizza usa dados e IA para planejar demanda e garantir a melhor experiência para o cliente

A quantidade de pedidos e recursos atendem à demanda do cliente requer uma sólida orquestração de fornecimento, prevendo também fatores imprevistos

A Domino’s Pizza UK & Ireland Ltd. está otimizando processos, antes feitos em milhares de planilhas, para entregar o produto certo para seus clientes usando inteligência artificial, automação e análise, criando oportunidades positivas para seus colaboradores e as comunidades que atende.

“O planejamento de demanda é saber o que nossos consumidores querem antes mesmo deles saberem. Se estamos fazendo nosso trabalho, sabemos que eles vão querer uma pizza na próxima quinta-feira antes mesmo deles decidirem por isso”, brinca Darren O’Keefe, Chefe de Inventário da Domino’s Pizza UK & Ireland Ltd. Em 2022, a rede vendeu mais de 106 milhões de pizzas em mais de 1.300 locais em todo o Reino Unido e na República da Irlanda.

Gerenciar a quantidade de pedidos e recursos necessários para atender à demanda do cliente requer uma sólida orquestração de fornecimento, prevendo também fatores imprevistos, como um jogo de futebol ou uma grande tempestade passando pela Escócia. Esses eventos externos podem impactar como e quando os consumidores fazem pedidos, e as lojas individuais nem sempre estavam preparadas. Isso significa que os virtuosos planejadores de inventário da Domino’s, que vinham lidando com centenas de planilhas, precisam entender e executar nos mais altos níveis de previsão, essencialmente planejando manualmente para esses mais de 1.300 locais.

“Obtemos nossos dados de várias fontes, e grande parte é feita em planilhas, o que pode levar a erros humanos e omissões. É difícil lidar com esse nível de complicação”, diz Neil Runchman, Gerente de Desenvolvimento de Sistemas de Inventário da Domino’s Pizza UK & Ireland Ltd.

Embora os planejadores de inventário tivessem uma taxa muito alta de precisão em seu planejamento de demanda, a empresa queria possibilitar um ecossistema integrado, automatizado e uma única fonte de verdade. Como uma empresa autodenominada digital, a Domino’s sabia que precisava de uma estratégia para prever a demanda; tomar decisões mais rápidas e orientadas por dados; e simplificar suas operações para garantir que os clientes recebam uma pizza quente e fresca quando e onde desejarem. “Queremos trabalhar com parceiros que estejam vendo o que está mudando na economia e como a tecnologia pode ajudar empresas como a nossa a lidar com a mudança”, diz Neha Batra, Chefe de Soluções Empresariais da Domino’s Pizza UK & Ireland Ltd. “É óbvio que buscamos a Microsoft.”

A peça central para essa missão está no planejamento de demanda, no qual a empresa passou a utilizar a IA para prever as necessidades do cliente. Há muitas variáveis envolvidas, desde vendas históricas e indicadores econômicos até tendências de mercado e eventos climáticos. “Não nos tornamos vítimas de tecnologia na moda, mas sim ouvimos nossos clientes e partes interessadas internas para entender seus objetivos e visões”, explica Sody Kahlon, Diretor de Informação e Tecnologia da Domino’s Pizza UK & Ireland Ltd. “Isso nos permite adotar a solução mais relevante para atender às suas necessidades. O campo da IA abriu nossas opções para aumentar ainda mais nossa personalização, aprimorar eficiências internas, derivar conclusões rápidas a partir de insights de dados, melhorar nossas previsões, fortalecer nossa cibersegurança e experimentar inovações.”

As tarefas de planejamento e previsão para lojas no Reino Unido e na Irlanda são responsabilidade de uma pequena equipe de planejadores de demanda experientes e altamente qualificados. Historicamente, o planejamento de demanda para os quatro centros de distribuição tem dependido principalmente de processos manuais – um plano para cada fornecedor e um plano para cada produto, tudo em diferentes abas de planilhas. Presos em um sistema com processos instáveis e não confiáveis, a empresa visava melhorar a precisão e simplificar as operações diárias e, por isso, recorreu à Microsoft em busca de uma solução que unisse o Microsoft Dynamics 365 Supply Chain Management com capacidades de planejamento de demanda.

Já aproveitando as análises incorporadas, integrações inteligentes e escalabilidade no Microsoft Dynamics 365 Finance, a Domino’s queria aproveitar as mesmas vantagens para o planejamento de demanda. “Quanto mais dados temos, mais precisa é nossa previsão, e quanto mais o usamos, mais eficiente será nossa tomada de decisões, e estaremos em uma posição muito melhor para nossos clientes”, diz O’Keefe.

Com a inteligência de planejamento de demanda aprimorada pelas capacidades de IA da Microsoft, os planejadores podem executar cenários hipotéticos e fazer mudanças dentro da solução de previsão para torná-la mais flexível. Eles também podem rapidamente agregar e desagregar dados para incluir insights humanos, como aumentar ou diminuir as cifras de demanda dependendo do clima ou de um grande evento esportivo. Com essa solução personalizada de planejamento de demanda, a Domino’s acelera o processo de planejamento.

A empresa pode desenvolver e aprovar planos em horas, em vez de dias, e agora tem as ferramentas para antecipar a demanda, minimizar o desperdício de alimentos e administrar eficientemente suas instalações. Usando aprendizado de máquina, o Dynamics 365 com capacidades de planejamento de demanda prevê a demanda com inteligência, identificando tendências que a Domino’s não identificava. A empresa já experimentou uma melhoria de 72% na precisão usando as capacidades de planejamento de demanda.