Você está aqui: HomeFornecedor de TINotícias do Fornecedor
A VASCO Data Security (www.vasco.com), empresa líder em software de segurança e especializada em produtos deautenticação, anuncia que o DIGIPASS for Mobile já está disponível para os usuários do Windows Mobile. Tanto ele como o DIGIPASS for Mobile Enterprise Secutiry Edition suportam agora o Windows Mobile, facilitando o emprego de autenticação através de telefones celulares para operações bancárias on-line e tamb&e acute;m para o uso em ambientes corporativos. O DIGIPASS for Mobile é a solução de autenticação da VASCO que leva a proposta de autenticação aos telefones celulares com acesso à Internet. Ele pode ser usado para dois fatores de autenticação e assinatura digital para mobile banking, e-banking e comércio eletrônico. Também pode ser empregado para autenticação em ambientes corporativos, entregando acesso remoto seguro às redes corporativas e às aplicações comerciais. O DIGIPASS for Mobile pode rapidamente ser disponibilizado via download ou através de conexão USB. “Os usuários de celulares utilizam cada vez mais serviços móveis. Como resultado, a plataforma móvel se torna mais atrativa à ação criminosa de hackers. Os esquemas tradicionais de fraude na Internet estão migrando para o ambiente móvel. Com o DIGIPASS for Mobile, as empresas que oferecem seus serviços on-line e os fornecedores de serviços móveis via Internet podem ampliar a segurança de seus canais de serviços por meio da autenticação de seus usuários e da assinatura digital das transações. Com o DIGIPASS for Móbile, agora disponível para usuários do Windows Mobile, estamos convencidos de que as empresas aumentarão em muito o uso da autenticação”, comenta Jan Val cke, presidente e chief operational officer (COO) da VASCO.
O ScriptLogic Perspective será distribuído pela Inspirit e foi projetado para ampliar a capacidade dos gestores de TI na administração dos ativos de TI nas redes corporativas, incluindo o monitoramento da banda de rede, funcionamento dos servidores, tráfego de voz sobre IP (VoIP), utilização de equipamentos diversos e dispositivos wireless, análise de desempenho da conectividade, routers, switches, firewalls e serviços baseados na rede e na Web. O Perspective é uma extensão natural da linha de produtos da ScriptLogic, que inclui soluções de gerenciamento de desktop e servidores e que permite aos administradores de TI pouparem tempo em suas atividades diárias e garantir o elevado nível de performance e segurança da infra de TI. "O ScriptLogic Perspective traz uma abordagem simples para gerenciamento de rede, baseada em uma arquitetura de software moderna e que permite monitorar até mesmo dispositivos non-standard”, comenta Nick Cavalancia, vice-presidente para Soluções de Gerenciamento Windows da ScriptLogic. "Os administradores de TI agora podem acompanhar e saber quando ocorre os potenciais problemas na rede e podem usar a funcionalidade inata do Perspective para corrigir quaisquer problemas surgidos. Como acontece com os nossos produtos, o Perspective oferece várias funções exclusivas e altamente competitivas, que irão eliminar os entraves significativos enfrentados pelos administradores de TI, que poderão focar suas atividades em seus projetos estratégicos", acrescenta o executivo. O novo produto também oferece a capacidade de identificar as causas dos problemas de desempenho dos dispositivos em em ambientes Windows, UNIX e Linux. Ele monitora a disponibilidade das portas, bem como o desempenho dos aplicativos que dependem de vários protocolos e padrões. Desta forma, os administradores de TI podem ser notificados das ocorrências via alertas e tomar as medidas necessárias para evitar e eliminar as falhas.
A Air Micro acaba de lançar no mercado os suportes para monitores LCD da Linha Vert, que dão mais espaço na mesa de trabalho e melhoram a postura dos usuários. Disponíveis em três modelos diferentes, os suportes se diferenciam pela praticidade dos braços. O Vert modelo S possui um braço simples, o Vert A vem com um articulado e o Vert Duplo AS é uma junção dos outros dois modelos numa mesma torre de fixação. Esse último é indicado para quando é necessário o uso de dois monitores, podendo ser instalados paralelamente tanto na horizontal quanto na vertical. Feitos em aço com pintura epóxi e com acabamento cromado, os acessórios têm design com formas e proporções leves, que dão movimentos ao monitor, melhorando o aproveitamento de espaços pequenos graças ao braço articulável, que dá total leveza ao monitor, permitindo posicioná-lo da maneira mais adequada durante o uso. Os suportes se adaptam a qualquer móvel e estatura de usuário, já que a torre de fixação possui quatro canais que permitem cinco diferentes estágios de altura do braço articulável. Além disso, as regulagens verticais e horizontais são feitas com o mínimo esforço através de leves toques. Para evitar reflexos na tela e melhorar as condições de uso, os acessórios também possuem ajuste dos eixos e da inclinação do monitor, mantendo um ângulo de 90º da tela em relação aos olhos do usuário. Além de dar mais espaço, os suportes facilitam a posição correta, aumentando o conforto e a produtividade de quem passa períodos muito longos na frente do computador. Os acessórios são compatíveis com a maioria dos monitores encontrados no mercado, pois eles possuem fixação padrão VESA de 50 a 100 mm. VERT S Suporte com braço simples Preço Sugerido: R$ 187,00 VERT A Suporte com braço articulado Preço Sugerido: R$ 215,00 VERT DUPLO AS Suporte com braço simples e articulado Preço Sugerido: R$ 339,00 Mais informações: (11) 2087-6111 – www.airmicro.com.br
O HomeGrid Forum, grupo sem fins lucrativos que promove a União Internacional de Telecomunicações das Nações Unidas (ITU-T) e padronização do G.hn, anuncia que uma das maiores provedoras de serviços de telecomunicações na Europa e América Latina- a Telefonica- irá compor o quadro de diretores da Organização. Esse anúncio confirma a crescente importância e ampliação da adoção do G.hn como um padrão global da próxima geração para rede doméstica com fios. Para a CopperGate, empresa líder em semicondutores para redes domésticas de entretenimento, acesso à banda larga e integrante do HomeGrid Forum, essa é uma ótima notícia. No futuro, os semicondutores da CopperGate serão baseados em G.hn, a próxima tendência global para rede de entretenimento doméstico consentido pelo ITU, em 2008. “Trata-se do único padrão de rede doméstica proposto a oferecer uma solução unificada para fornecer o tráfego de Protocolo de Internet (IP) através de redes elétricas (AC), cabos coaxiais e linhas telefônicas, com melhorias de desempenho até três vezes maiores do que as disponíveis, atualmente.”, afirma o Diretor de Desenvolvimento de Negócios da CopperGate para as Américas, Pablo Sandoval. O padrão G.hn é formulado para entregar uma tecnologia unificada para rede doméstica com fios que aborda questões-chaves de provedores de serviços, fabricantes de eletrônicos e também consumidores. O G.hn permite aos provedores de serviços implantar novas ofertas com maior custo efetivo, incluindo IPTV; permite que os fabricantes de eletrônicos forneçam dispositivos poderosos para a conexão de todos os tipos de entretenimento, automação doméstica e produtos de segurança da casa; e simplifica muito os processos de compra e instalação dos consumidores.
Um estudo realizado pela Avira, empresa especializada em segurança de TI, apontou que em 1999 apenas pouco mais de um terço dos usuários consultados tinha alguma proteção antivírus instalada em seu computador. Em uma viagem através do tempo, coincidindo com o décimo aniversário da proteção gratuita Free Antivírus, a Avira consultou 5543 internautas de todo o mundo por meio do site http://www.free-av.com sobre o comportamento do usuário em relação à de segurança de TI há dez anos, ou seja, no momento em que começaram a aumentar intensamente os ataques a PCs. Trinta e dois por cento (1780 usuários) dos participantes nem sequer tinha um PC até aquela data. Vinte e dois por cento (1228 usuários) dos proprietários de PCs contavam, há dez anos, com ao menos uma proteção básica contra os vírus sem maiores refinamentos em seu sistema. Já 19% (1050 participantes) consideravam o problema sério e nunca deixavam seu PC sem um bom programa antivírus. E um descuidado e significativo percentual, 12% (653) participantes), renunciava completamente à proteção de PC. Já que em 1999 os vírus ainda não tinham como objetivo permanecer ocultos o maior tempo possível nos equipamentos e redes, mas se mantinham com objetivo de paralisar um PC utilizado em minutos, os ataques permaneciam longos períodos inadvertidos, sem ser percebidos pelo usuário. A um dano deste tipo, os usuários reagiram segundo suas próprias declarações, 11% (602) deles, que se protegem desde o primeiro incidente e continuam se protegendo até hoje. No entanto, 4% (230 usuários) ainda não vêm a necessidade de proteger o PC contra as pragas digitais. Este grupo se vira até hoje sem qualquer ferramenta de proteção. Mas, as pragas virtuais atuais trabalham tão bem na penumbra que os PCs infectados, muitas vezes, não podem ser diagnosticados sem a ajuda de um antivírus. Assim, sem serem detectados, os códigos maliciosos espiam e capturam dados pessoais e bancárias e lêem as comunicações

Login