Você está aqui: HomeFornecedor de TINotícias do FornecedorAtualidadesCalculadora online permite estimar os prejuízos com o abandono dos aplicativos móveis pelos usuários

Calculadora online permite estimar os prejuízos com o abandono dos aplicativos móveis pelos usuários

Publicado em Atualidades
13 Janeiro 2022

Kobiton cria um recurso para ajudar as empresas a estimarem as perdas financeiras quando o seu app é desinstalado e recebe avaliação negativa. Em média, 1 em cada 4 aplicativos móveis é abandonado logo após o primeiro uso, na maioria das vezes devido à péssima experiência.

A Kobiton, fornecedora de plataforma de automação de testes mobile criou uma calculadora online para que as empresas possam estimar as perdas provocadas pelo abandono de um aplicativo mobile pelos usuários e também descobrir outros custos envolvidos no processo de liberação de aplicativos. 

Em média, 1 em cada 4 aplicativos é abandonado logo após o primeiro uso, na maioria das vezes devido à péssima experiência. Para descobrir qual o impacto financeiro desta desistência dos usuários, a calculadora da Kobiton leva em os dados sobre o custo estimado de aquisição do cliente (CAC), o número de novos usuários adquiridos por mês, a receita média por usuário por mês, a taxa anual de churn e a taxa de redução no churn alcançada  com automação de testes em aplicativos reais proporcionada pela plataforma Kobiton.

“O abandono do aplicativo afeta diretamente o sucesso de um novo serviço móvel”, afirma Juan Carlos Cerrutti, representante de desenvolvimento de negócios da Kobiton para América Latina. “Outro fator que faz aumentar a rejeição de um app pelo mercado é a nota baixa que os usuários desistentes deixam na sua loja de aplicativo. Quanto menor a nota, maior serão os custos de aquisição de novos usuários”, enfatiza o executivo.

Calculando as perdas com o abandono de aplicativos, um exemplo

Juan Carlos Cerrutti, como exemplo, sugere aplicar na calculadora online da Kobiton os seguintes valores: US$ 10 para a conquista de 01 usuario novo;  10.000 usuários por mês; uma taxa de churn anual estimadas de 40%; uma renda mensal por usuário possível de US$ 15;  uma redução do churn de 25%. “Como resultados, podemos encontrar o valor de um custo com o churn em torno de U$ 480 mil, um impacto negativo nas receitas em torno de US$ 720 mil”, explica. 

Na outra ponta, a calculadora mostra que una inversion que  pode chegar a US$ 300 mil no sera malgastada, resultando também uma economia na receita em torno de US$ 450 mil. Na conta final, a empresa poderá economizar US$ 750 mil ao investir nos testes automatizados para a entrega de um aplicativo que realmente funcione nos aparelhos dos usuários. 

“A calculadora é um recurso muito útil para as empresas que possuem o mobile como ponto central em sua estratégia de negócios. Ao oferecer aplicativos que realmente funcionam nos aparelhos dos seus clientes, as empresas não apenas deixam de ter muitos gastos para a entrega de um app, como também elevam a capacidade dele ser funcional para o usuário, com elevado nível de experiência”, afirma Cerrutti.

No Brasil, a Kobiton atua com uma ampla rede de parceiros composta por seis empresas brasileiras especializadas em consultoria em Quality Assurance e testes de software para diversos mercados: Better Now, Grupo HDI, Keeggo, Link Consulting, RPerformance e SVLabs, que respondem pela entrega de serviços e suporte ao seu portfólio de produtos dedicados a ajudar os desenvolvedores e empresas a gerenciarem seus dispositivos mobile e garantir que seus aplicativos funcionem corretamente nos aparelhos dos usuários, com foco na Mobile Experience. Globalmente, empresas como IBM, Coca-Cola e Uber contam com a tecnologia Kobiton para seus testes mobile. 

Mais informações: https://kobiton.com/the-cost-of-app-abandonment 

Entre para postar comentários