Imprimir esta página

Brasileiros aprovam cartões de pagamento com biometria digital

Publicado em Atualidades
03 Dezembro 2021

Pesquisa realizada pela DDL para IDEMIA revela que a maioria dos brasileiros adotaria o cartão de pagamento digital como forma de proteção contra fraudes

Mais de 90% dos brasileiros pesquisados aprovam o uso de tecnologias biométricas como forma de aumentar a segurança de seus pagamentos com cartão, como mostra pesquisa Dentsu Data Labs (DDL), encomendada pela IDEMIA, empresa líder mundial em identidade aumentada.

O estudo foi conduzido em 14 países, incluindo o Brasil, com o objetivo de medir a atratividade, a utilização e o comportamento dos usuários com relação ao uso cartões de pagamento biométricos, em que o usuário utiliza as impressões digitais em vez de um código PIN para efetuar o pagamento.

Os dados globais da pesquisa mostram que 74% dos consumidores ao redor do mundo têm uma reação positiva em relação às tecnologias biométricas; 92% acham a forma de identificação por meio das digitais conveniente; 81% consideram-se prontos para usar as digitais como forma de identificação em seus pagamentos ao invés da senha e 72% estão interessados em fazer pagamentos de grande valor sem precisar ter nenhum contato com o terminal.

Voltando aos brasileiros, o estudo revelou que 70% da população acredita que a grande vantagem da identificação digital é o fato de ser individual, além disso,  64% concorda que há um aumento na segurança do processo de compra, na prevenção de fraudes, além de ser fácil de usar. Outro ponto importante é que mais de 1 entre 3 brasileiros aprecia as tecnologias biométricas, e 56% prefere o cartão biométrico ante 23% que opta pelo cartão regular.

“A autenticação por impressão digital vem se tornando mais presente na vida dos consumidores em todo o mundo e não é diferente no Brasil. A população tem grande preocupação com a segurança nos meios de pagamento e com a proteção dos seus dados biométricos”, explica Marcelo Annarumma, presidente da IDEMIA na América Latina.

“Vemos uma tendência cada vez mais acentuada da preferência por métodos de pagamento e recursos avançados de segurança em cartões bancários. Os brasileiros são os mais entusiasmados com as tecnologias biométricas, apreciam o fato de os cartões biométricos serem tão fáceis de usar e os consideram mais seguros”, complementa Annarumma.

Outros dados destacados pela pesquisa são que 82% dos brasileiros preferem utilizar uma forma de pagamento totalmente sem contato. Além disso,  é a população que mais expressou seu desejo de não ter que lembrar de suas senhas — cerca de um em cada dois brasileiros já esqueceu as senhas nos últimos 18 meses, sendo que pessoas da faixa etária de 31 a 50 anos são as mais propensas a esquecer sua senha (63%), enquanto as pessoas com mais de 51 anos se lembram mais (35%). Por fim, 88% dos respondentes afirmaram estar prontos para usar suas digitais ao invés da senha – 91% do sexo feminino e 85% do sexo masculino.

O estudo trouxe também outras informações relevantes sobre o uso de cartões pelos brasileiros, apontando que quase 50% dos cidadãos utilizam uma forma de pagamento móvel, 80% têm mais de dois cartões e 53% utilizam o cartão de crédito mais de 10 vezes por mês.

Quando questionados sobre características dos cartões, 32% prefere um cartão com identificação biométrica,  27% deseja um cartão feito com plástico reciclado, 21% um cartão com um número e dados pessoais visíveis, 12% com cores vibrantes e outros atrativos como os cartões fornecidos por fintechs, e 8% um cartão de metal.

Cartão de pagamento biométrico – A IDEMIA é pioneira na indústria de cartões de pagamento biométricos como o F.CODE, o primeiro cartão de pagamento biométrico do mundo que permite aos clientes autorizarem pagamentos por meio de um sensor de impressão digital e um algoritmo biométrico certificado, com ainda mais segurança. O cartão F-Code funciona apenas mediante o reconhecimento das digitais do dono, pode ser utilizado para pagamentos com ou sem contato, e o cliente inscreve sua impressão digital diretamente no cartão por meio de um scanner especial.

Entre para postar comentários