Você está aqui: HomeFornecedor de TINotícias do FornecedorAtualidadesEmpresa registra aumento de 10 vezes no número de emissão de cartões e documentos contactless no Brasil

Empresa registra aumento de 10 vezes no número de emissão de cartões e documentos contactless no Brasil

Publicado em Atualidades
09 Novembro 2021

O aumento é impulsionado pela padronização da tecnologia no país e pelo aumento do uso de cartões sem contato durante o isolamento social da pandemia da Covid-19. Os números são da empresa francesa SPS, em parceria com a Bsmart Consulting

 

A SPS, especializada na concepção, fabricação e venda de soluções para produção de cartões de identificação, passaporte eletrônico e cartões bancários de interface dupla, registrou um aumento de 10 vezes nos negócios para produção de cartões de pagamentos por aproximação em 2020 e primeiro semestre de 2021, impulsionado pela padronização da tecnologia no Brasil e pelo aumento do uso de cartões "contactless" durante o isolamento social da pandemia da Covid-19.

A empresa francesa já vinha registrando um crescimento anual acima de 100% nos últimos cincos anos no mercado brasileiro, no fornecimento de sua tecnologia para fabricação de cartões sem contato e Dual Interface (DIF), acompanhando a padronização adotada pelas grandes emissoras Mastercard e VISA, Visa e Elo. A expectativa era manter os números, mas, com a pandemia, as transações sem contato tiveram um forte impulso, em dez vezes mais, ajudando as pessoas a realizarem suas compras por aproximação e evitando tocar nos equipamentos de pagamento com as suas mãos nos estabelecimentos considerados essenciais, como o varejo de alimentos, farmácias, delivery de alimentos e outros.

O crescimento dos negócios da SPS no Brasil contou com o apoio comercial e técnico da Bsmart Consulting & Outsourcing Services, unidade de consultoria do Grupo Bsmart, dedicada ao desenvolvimento de negócios para companhias globais que buscam oportunidades no Brasil, América Latina e Estados Unidos, por meio da oferta de novas tecnologias.

"A COVID-19 impactou fortemente os negócios e os clientes da SPS conseguiram se organizar e controlar o fluxo de produção, sendo a produção de cartões financeiros considerada um negócio essencial e, por isso, a indústria nunca parou de se mexer e inovar. Os resultados refletem essa movimentação", afirma Benoît Guez, VP Americas, SPS.

A SPS atua no Brasil há mais de 10 anos, bem antes da migração para a tecnologia Dual Interface (DIF), desenvolvendo relações com todos os fabricantes de cartões, em parceria com a Bsmart. O resultado expressivo de 2020 acompanha o ritmo de crescimento do mercado de cartões contactless no sistema bancário e de cartões de crédito, além de outros segmentos como os meios de transportes e no varejo, uma movimentação que se registra em todo o mundo. Cristiano Paulino, baseado em São Paulo, é o Diretor de Vendas para a América Latina cobrindo todos os mercados, além do Brasil, do México à Argentina, aumentando a presença física da SPS. Junto com Karina Prado, responsável pela Unidade de Negócios da Bsmart Consulting e Diretora Comercial do grupo, eles apoiam o mercado local e a indústria de pagamentos sem contato.

Alexander Dannias, diretor geral do Grupo Bsmart, também aponta a maturidade do mercado brasileiro nas transações sem contato e a confiança do usuário, conquistada ao longo dos anos em função da melhoria dos padrões de segurança das transações online. "O investimento feito pela S-P-S, e a estrutura da Bsmart, permitiram que os fabricantes de cartões e os bancos, tivessem oportunidade de conhecer o que existe de mais avançado na tecnologia para meios de pagamento sem contato, aprender muito sobre o portfólio de soluções e avaliar os benefícios para o seu negócio", afirma o executivo.

Sobre o resultado desta parceria com a Bsmart, acrescenta o VP Americas da SPS, "somos líderes em tecnologia Dual Interface utilizada no Brasil e América Latina, conseguimos apresentar nossa tecnologia a praticamente todos os fabricantes latino-americanos de cartões, oferecendo qualidade e robustez aos titulares dos cartões e emissores. Esta é a nossa conquista".

Entre para postar comentários