Você está aqui: HomeFornecedor de TINotícias do FornecedorAtualidades62% dos clientes aceitariam o uso da IA para melhorar suas experiências

62% dos clientes aceitariam o uso da IA para melhorar suas experiências

Publicado em Atualidades
12 Dezembro 2019

Mais conectados e mais atentos às novas tecnologias, os clientes seguem mais exigentes, segundo aponta o relatório State of the Connected Customer, realizado pela Salesforce

As novas tecnologias estão mudando o comportamento dos consumidores e transformando a maneira como as marcas interagem, oferecem serviços e atendem os clientes. A 4ª Revolução Industrial tem deixado as pessoas cada vez mais conectadas, diminuído o tempo de mudanças e acelerado o ritmo da inovação. Um reflexo disso é que 67% dos clientes estão esperando que as empresas ofereçam novos produtos e serviços com mais frequência, segundo dados do relatório State of the Connected Customer, realizado pela Salesforce.

A inteligência artificial desempenha um papel cada vez mais importante no suporte às empresas para desenvolver experiências que atendem as expectativas dos clientes, e eles sabem disso. Segundo o estudo da Salesforce, 62% dos clientes estão abertos ao uso da IA para melhorar suas experiências com as marcas, número superior aos 59% apontados em 2018. O estudo mostra também que 75% dos clientes esperam que as empresas usem tecnologias para melhorar suas experiências, além disso, 67% dizem que a maneira como uma empresa usa a tecnologia reflete em como ela opera em geral.

“Estamos vivendo uma nova era, em que os clientes querem novas experiências, um atendimento mais conectado e individualizado. Eles sabem que as empresas podem usar ferramentas e tecnologias como a Inteligência Artificial para oferecer atendimentos de acordo com o que eles querem”, comenta Daniel Hoe, diretor de Marketing da Salesforce para América Latina.

O terceiro relatório “State of the Connected Customer” baseado em uma pesquisa com mais de 8.000 consumidores e compradores profissionais em 16 países. O relatório demonstra uma tendência contínua de expectativas elevadas dos clientes, diferenças indistintas entre os padrões de engajamento do B2C e do B2B e um papel cada vez maior dos valores empresariais e da confiabilidade nas rotas de compra dos clientes.

Entre para postar comentários