Você está aqui: HomeFornecedor de TINotícias do FornecedorAtualidadesDrones estimulam a busca de conhecimento em robótica, eletrônica, matemática e programação

Drones estimulam a busca de conhecimento em robótica, eletrônica, matemática e programação

Publicado em Atualidades
11 Fevereiro 2019

Novas geração de estudantes se conectam com tecnologias avançadas para desenvolvimento científico e pessoal

Inúmeras, inovadoras e revolucionárias formas de utilização. É assim que os drones ajudam o desenvolvimento científico em todo o mundo, com pesquisa e coleta de informações, monitoramento e produção de conteúdo. A tecnologia desses aparelhos potentes e voadores é multifuncional e pode ser utilizadas em atividades distintas. Por exemplo, são usadas no mapeamento de alta precisão e em estudos da saúde de baleias – neste caso, dando a possibilidade de os pesquisadores não precisarem entrar em contato físico com esses mamíferos.

Como os equipamentos também contribuem para pesquisas acadêmicas, a DJI, líder mundial em fabricação de drones, contribui com a pesquisa acadêmica por meio de consultoria tecnológica para construção de protótipos. Um exemplo é o projeto do especialista ambiental da Universidade de Harvard, Scot T. Martin, focado na medição das emissões de CO² na vegetação e em atividades humanas de vários ecossistemas. Realizado em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o projeto que implantou drones para medir o ar da Floresta Amazônica.

Drones na Educação

Umas das melhores aplicações dos drones pode estar na sala de aula. Dentre as possibilidades de uso dos aparelhos, também está o uso em salas de aula para oferecer uma maneira divertida de aprender sobre física, engenharia e programação de computadores. A experimentação da tecnologia também incentiva a busca por conhecimento em disciplinas como robótica, matemática, física e química, além de programação. Isso estimula os alunos a colocarem a mão na massa enquanto aprendem e permite que educadores explorem outras habilidades, como a criatividade com a produção de vídeos e fotos. Empresas como as norte-americanas Drobots e a Droneblocks também têm utilizado o Tello em centenas de acampamentos acadêmicos e programas escolares dos EUA.

Modelos de drones como o Tello, criados pela RyzeTech em parceria com a DJI e a Intel, foram projetados com funções especiais, incluindo as educacionais. Para aqueles que nunca pilotaram um drone, o pequeno da família DJI torna a experiência de novos pilotos mais fácil, já que seu sistema de controle é muito intuitivo. Com a funcionalidade Throw&Go, por exemplo, é possível executar acrobacias durante o voo e realizar oito manobras de giro no ar diferentes, utilizando apenas a tela do smartphone.  Além disso, outros recursos mais aprimorados do Tello são a capacidade de programação usando o Scratch, sistema de codificação desenvolvido pelo instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), na qual é possível programar padrões de voo próprios.

 

Entre para postar comentários