Você está aqui: HomeFornecedor de TINotícias do FornecedorAtualidadesRaisecom anuncia na na Futurecom uma rede de fibra 10 vezes mais econômica

Raisecom anuncia na na Futurecom uma rede de fibra 10 vezes mais econômica

Publicado em Atualidades
17 Outubro 2016

Novo sistema de fibras compartilhadas padrão   GPON torna economicamente viável a oferta de serviços "ricos", como TV sob demanda, Internet das Coisas e tráfego multiprocessado para áreas de baixa densidade de residências ou empresas

A Raisecom, um dos maiores fabricantes globais de redes de comunicação digital para tráfego inteligente de conteúdos ricos e dados corporativos, apresenta na Futurecom 2016 uma família de redes "triple play", na categoria GPON, que viabilizará às operadoras, provedores e grandes  empresas usuárias uma redução substancial dos custos de  implantação dessa infraestrutura de fibra compartilhada.

Com a nova tecnologia Raisecom, o uso de uma rede GPON, que antes só se tornava viável a partir de milhares de usuários, passa agora a ser lucrativo em instalações até 10 vezes menores,  voltadas para menos de mil clientes. Isto irá repercutir numa popularização mais rápida e mais econômica de serviços como TV sob demanda, multiprocessamento de dados geograficamente dispersos, interações intensivas como máquina a máquina (M2M), exploração em massa de apps móveis interativas e conexões de Internet das Coisas (IoT).

"Nossos equipamentos GPON estabelecem uma nova base de avaliação de ROI para estruturas de tráfego rico e permitem que os provedores possam projetar redes pequenas e escaláveis para a venda de serviços de alto valor agregado", afirma Dario Zipris, Vice Presidente de Vendas Internacionais da Raisecom.

Segundo ele, o lançamento da Raisecom quebra o antigo paradigma de que a utilização de GPON estava vetada, por exemplo, para serviços de FTTH (Fibra até a Residência, no acrônimo em Inglês) em casos de ambiente rural e bairros pouco povoados. Ou ainda, para implementações FTTB (Fibra até o Prédio) em casos de edifício ou campus com baixa densidade de conexões. Com isto, a instalação de GPON já pode também ser considerada como uma opção concreta para projetos governamentais como o programa brasileiro de "Cidades Digitais", que visa a digitalização de serviços em municípios de todos os portes.

Mercado de US$ 40 bilhões

As tecnologia PON (Passive Fibre Network) e GPON (onde o "G" refere-se a Gigabit) têm sido uma áreas de maior investimento da Raisecom desde o surgimento dessa tendência, há cerca de 10 anos, e é o  modelo de rede de alto desempenho que mais cresce  no mundo segundo pesquisas globais. Dados ponderados de diversas empresas de pesquisa situam o atual mercado de infraestrutura desse tipo em torno US$ 18 bilhões ao ano, mas com tendência a superar os US$ 40 bilhões por volta de 2022.

Em toda a América Latina, a Raisecom vem se posicionando entre os mais relevantes competidores em tecnologia GPON e digitais em geral, estando presente nas principais operadoras, provedores de  Internet (ISPs) e grandes empresas usuários nos vários países da Região.

Raisecom e Deutsche Telecom: Uma Rede GPON Continental Europa

Além de apresentar toda a sua linha de produtos GPON e redes de acesso Carrier Ethernet, a Raisecom irá anunciar na Futurecom alguns de seus mais recentes avanços junto a operadoras, empresas de utilities e usuários de redes IP industriais no conceito SMARTGRID.

A empresa irá detalhar também a sua recente conquista de um dos mais sofisticados projetos de rede GPON em implantação hoje no mundo. Trata-se de uma rede continental de serviços, abrangendo vários países da Europa Central e operada pela Deutsche Telekon.

Após avaliar a tecnologia dos mais expressivos players globais, a Deutsche Telecom definiu a tecnologia Raisecom como plataforma padrão para sua estrutura de serviços de qualidade assegurada em banda larga, tanto por requisitos de funcionalidade e RUI, quanto pela total interoperabilidade com a infraestrutura Huawey empregada por aquela operadora.

Entre para postar comentários