Você está aqui: HomeFornecedor de TICase de SucessoMoki migra para AWS com Dedalus e garante foco no negócio

Moki migra para AWS com Dedalus e garante foco no negócio

 

Menos custos operacionais, eliminação do trabalho interno e das preocupações são os resultados da migração


Nascida como provedor de serviços de Internet e desenvolvedor de web sites há 20 anos, a CallNet deu origem ao Moki, um serviço na computação em nuvem para auditoria e supervisão de campo, inicialmente com foco nas redes de varejo e hoje com forte atuação no mercado de franquias, ao qual permite realizar o checklist operacional das unidades franquiadas e acompanhamento das tarefas de manutenção e assistência técnicas em todas as redes. Como é um serviço em nuvem, a alta disponibilidade é mandatória para garantir acesso em tempo real a partir de quaisquer dispositivos conectados à Internet.

O Moki foi criado em 2007 e sempre foi oferecido como serviço em nuvem, sem quaisquer problemas de instabilidade ou disponibilidade, sendo a sua equipe interna quem sempre cuidou da gestão do ambiente em Cloud. Ao contratar a Dedalus Prime para cuidar da gestão dos serviços contratados da Amazon Web Services, a empresa conquistou algo que é o sonho de quem oferece software baseado em um serviço 24/7: a tranquilidade, segurança e não ter que se preocupar com o atendimento das ocorrências relacionadas à administração do complexo ambiente na nuvem.

As aplicações oferecidas pela Moki possuem mais de 5 mil usuários finais e contabilizam mais de 1 milhão de auditorias realizadas e mais de 800 mil ocorrências armazenadas no módulo de checklist. Além disso, soma mais de 400 mil tickets de ordens de serviço no módulo de OS, o que reitera a necessidade de se manter sempre disponível para que as equipes possam realizar e gerenciar suas tarefas por meio da aplicação.

Antes da Amazon Web Services com a Dedalus Prime, a Moki foi atendida por alguns data centers, sem grandes problemas. Mas, sua própria equipe de TI e seu presidente, Guilherme Werneck contam que estão sempre procurando por soluções mais estáveis, mais escaláveis e com parceiros pró ativos, e por isso tomaram a decisão de migrar para a Amazon Web Services com a Dedalus.

A Moki está com a Dedalus Prime há 18 meses e neste período poucas vezes necessitou abrir chamado de suporte porque, segundo Werneck, a equipe da Dedalus é quem se movimenta para manter tudo funcionando. “Tanto que a gente tem a impressão de estar pagando por um serviço de suporte que nem é necessário, devido ao fato de nada estranho acontecer sob o comando dela”, comenta o executivo. “O monitoramento da Dedalus não nos deixa ter qualquer preocupação”.

O projeto de computação em nuvem com Amazon Web Services teve início com a migração de apenas um cliente Moki, segundo Werneck como uma experimentação do serviço, para que a empresa pudesse “sentir” se o novo ambiente se mostraria compatível com as necessidades e expectativas. “Como resultado, já estamos negociando com a Dedalus levar os outros clientes para a Amazon”, releva o executivo.

Quanto aos comparativos com os ambientes em cloud anteriores, Guilherme Werneck diz que não possui números precisos em relação à latência, alta disponibilidade e outros aspectos. Mas pode relevar os ganhos financeiros com migração: corte de cerca de 30% de redução dos custos operacionais e redução a quase zero o trabalho de gestão do novo ambiente, uma vez que esta tarefa ficou por conta da Dedalus. Ele lembra apenas de duas pequenas ocorrências de baixo impacto na operação da aplicação em nuvem, logo no início do processo, justamente devido a ajustes necessários, o que ele não contabiliza como problema.

“E como o serviço contratado pela Moki é em apenas um cliente, não tivemos a oportunidade de desfrutar, ainda, de todos os serviços AWS e Dedalus disponíveis, o que esperamos que aconteça com a migração de toda a nossa carteira, agora em 2016. Podemos afirmar, categoricamente, que o resultado positivo obtido justifica a evolução da migração AWS com o apoio profissional da Dedalus”.

Quanto ao aprendizado com este processo, Werneck destaca a importância de ter um parceiro com especialização para dar conta do recado da computação em nuvem “A velocidade é grande demais e mesmo que você possua uma boa equipe nem sempre é possível ter a informação que o parceiro – no caso a Dedalus – possui em primeira mão. Porque ela está focada nisso”.

 

Login