Você está aqui: HomeEquipe IT PortalPing-PongEm TI, inovar é uma palavra do dia-a-dia!

Em TI, inovar é uma palavra do dia-a-dia!


Isto porque o “cenário Brasil” inclui a carência de profissionais melhor capacitados e também a falta de soluções adequadas fazem parte do “cenário Brasil”. Soma-se a  este contexto, o modelo de licenciamento Microsoft,  que não atende ao mercado de transportadoras, e também os sistemas ERP de grande porte, que tratam as questões tributárias apenas com soluções paralelas ou customizações.

A síntese é de Manuel Landeiro, gerente de TI e Telecomunicações da Patrus Transportes Urgentes. E como é de costume do IT Portal entrevistar profissionais de TI que atuam nos mais diversos setores da economia brasileira, colocando em prática seus conhecimentos tecnológicos, desta vez fomos conversar com um profissional que logo tratou de resumir a visão sobre o mercado de TI.

Landeiro é formado em Análise de Sistemas pela Universidade de Salvador, na Bahia. Com sua equipe de TI, composta por 15 profissionais, Landeiro vem fazendo algumas mudanças na Patrus, que conta com 1150 funcionários e atualmente possui 56 pontos de atendimento em todo o Sudeste e Sul, além da Bahia e Sergipe.

Como para ele, inovar é uma palavra do dia-a-dia, Landeiro está à frente de muitas mudanças na Patrus.  Entre os planos de melhoria para 2009, a empresa estuda a possibilidade de substituir o ERP para obter mais aderência aos processos operacionais, visto que alguns deles não são tratados pelo ERP atual. “Já tratamos com diversos fornecedores e estamos concluindo os estudos com três deles, selecionados entre 16 possibilidades. Devemos decidir nossa estratégia até abril, quando iniciaremos o upgrade do sistema atual ou a migração para outra solução”, revela Landeiro.

Já na área de infra-estrutura, a empresa está priorizando a segurança da informação e re-avaliando todas as soluções utilizadas, reforçando as configurações, documentando os processos e revisando as políticas de segurança.

A telecomunicação também está inclusa nos planos. Em 2009 a Patrus pretende reforçar o uso da telefonia sobre IP (ToIP), “ampliando um pouco mais o conceito de VoIP, com uma programação mais complexa para reduzir custos e agilizar o atendimento e a troca de informações”, explica o analista.

Os treinamentos também passam por mudanças. “Até o ano passado eram presenciais, na matriz ou diretamente nas unidades. A partir deste ano vamos implementar uma solução de e-Learning para agilizar o processo e atingir um público maior” conta.

Com tantos planos, aproveitamos para perguntar se a Patrus pensava em investir na Virtualização, Cloud computing e Segurança Digital:

“A Patrus está estudando as novas soluções de virtualização de desktops (com um gerenciamento eficiente do espaço em disco utilizado – o que as tecnologias anteriores não forneciam). Esta ação deverá ser integrada com a migração dos desktops dos usuários para thin-clients e a substituição dos monitores CTR por telas LCD econômicas. Com isto, esperamos reduzir o consumo de energia para TI em 30%, equivalente a 9.500 kWh/mês, o suficiente para iluminar 47 residências médias brasileiras. Este ano a Patrus está investindo bastante em Segurança Digital e Gerenciamento de Acesso por Confiança. A hierarquia não é mais suficiente nas organizações modernas, mas os sistemas ainda não permitem uma configuração de acesso por confiança. Vai ser um desafio!”.

Mas, nem tudo é só trabalho. O baiano que se mudou com sua família para outro estado (Minas Gerais, estado sede da Patrus) em busca dos sonhos e aspirações, aproveita o tempo livre para se dedicar à esposa e ao filho. “Nós gostamos muito de viajar, sempre que podemos vamos conhecer algum lugar novo, curtir praia, montanha, campo etc... não importa, adoramos lugares novos e conhecer gente nova. Trabalhar com TI é um desafio, pois a mudança é constante e o “trade-off” custo vs. inovação não é fácil. Minha família conta muito, pois me apóia bastante nos desafios e são o meu “carregador de baterias”. Um final de semana com eles me dá energia para suportar qualquer semana de trabalho, por mais cansativa que seja”, revela.

O nosso PingPong com o Manuel Landeiro continua assim:

IT Portal - Quais as tecnologias usadas na empresa?  Alguma é a mais utilizada? Qual?

Manuel Landeiro - Nós utilizamos o ERP da Benner Sistemas, de Blumenau – SC, para o controle da operação, back-office, manutenção, gestão da frota e RH. Todos os nossos servidores utilizam o Windows 2003 Server R2 (versões Standard ou Enterprise). Nosso banco de dados é MS SQL Server 2005 Enterprise e o correio eletrônico é MS Exchange Server 2007 Enterprise. Os dois estão ativos em modo cluster, com dois nós. Desenvolvemos algumas aplicações satélite em Java.

IT Portal - A empresa costuma fazer upgrade de sistemas de gerenciamento e planejamento?

Manuel Landeiro - Sim, revisamos as nossas soluções a cada três anos, comparando com o que o mercado está oferecendo. Com isto estamos sempre atualizados tecnologicamente, obtendo o melhor da ferramenta que escolhemos como parceira. Faz parte desta estratégia uma discussão do “road-map” do produto para gestão do nosso seguimento, o TMS (Transport Management System)

IT Portal - Na sua opinião, quais as tecnologias que predominarão nos próximos anos?

Manuel Landeiro - As soluções de mobilidade, integrando vários dispositivos em um só, mas aprimorando a interface com o usuário. O Windows 7, como um SO que trata diretamente as telas sensíveis ao toque (dentre diversas outras melhorias), que irá mudar a forma com que interagimos com as aplicações e até mesmo com os equipamentos de informática (notebooks, desktops etc.), pois teclado e mouse ficarão obsoletos. (Como já está acontecendo com os celulares, que “perderam” os teclados...) Cloud Computing. Tecnologias para identificação do usuário com mais precisão.

IT Portal - Prefere sistemas baseados em Linux, Windows ou Mac?  Por quê?

Manuel Landeiro – Linux: Robustez, confiabilidade, desempenho e menor custo de propriedade (a licença é free, mas a implementação corporativa é paga).  Windows: Integração, facilidade de uso e larga experiência do usuário final.

Pessoalmente prefiro o Linux, mas as organizações (as pessoas) ainda não estão preparadas para o uso corporativo. Estamos caminhando para isso!

IT Portal - Muitos estudos divulgados apontam o Brasil como um país de grande futuro em TI. No entanto, as vagas oferecidas pelo mercado não estão sendo preenchidas, segundo as empresas - devido à falta de profissionais capacitados. Por que isso acontece e o que poderia ser feito para mudar este quadro?

Manuel Landeiro - Baixa qualidade na formação dos profissionais! É um grave erro culpar o ensino superior, quando a educação de base é péssima e os alunos chegam à universidade com grandes dificuldades para resolver uma simples equação do primeiro grau ou entender os textos lidos. Entendo que seja necessário rever o ensino básico e fundamental, para corretamente e completamente instruir os jovens, pois a complexidade do ensino cresce com o desenvolvimento e a falta de uma boa base prejudica toda uma vida.

IT Portal – Em sua opinião, a atual crise econômica atinge os planos e projetos em TI da empresa, como investimentos em novos sistemas e contratações de novos profissionais? Como acha que a situação pode afetar o mercado geral e sua empresa? Como pode ser contornada sem prejudicar os planos da empresa?

Manuel Landeiro - No nosso caso estamos atentos, mas entendemos que o pior já passou. Mais que a crise propriamente dita, as notícias causaram um impacto maior do que os fatos, agravando a situação.
No meu ponto de vista o Brasil tem uma oportunidade impar, que se bem aproveitada poderemos nos destacar comercialmente e economicamente e ampliar a nossa relevância no cenário internacional. Mesmo com números menores que os projetados, vamos continuar crescendo quando os grandes estagnaram ou decrescem.  

IT Portal - Quais as dificuldades que mais encontra neste setor (TI)?   

Manuel Landeiro - Falta de profissionais treinados e de soluções que contemplem o “cenário Brasil”. São exemplos das dificuldades com as soluções: o modelo de licenciamento Microsoft, que não atende ao nosso mercado, e os sistemas ERP de grande porte, tratam os nossos requisitos tributários com soluções paralelas ou customizações.

IT Portal - Quais as dicas para quem está começando nesta área agora?

Manuel Landeiro - Busque um estágio o quanto antes, pois a formação de TI ainda é muito teórica no Brasil. Aliar os ensinamentos técnicos à realidade das organizações é fundamental para a aplicarmos as idéias que surgem. O Brasil precisa de empreendedores, mesmo dentro das organizações, busquem idéias novas e apliquem o que vocês aprendem. Isto é fundamental para a carreira e abre muitos caminhos. Em TI, inovar é uma palavra do dia-a-dia!

IT Portal - Possui atividades extra-curriculares? Participa de atividades sociais? Quais? Como é?

Manuel Landeiro - Como moro fora da minha cidade natal, Salvador – BA, dedico meu tempo livre a minha família (esposa e filho) que também abdicaram do maior convívio com nossos familiares para buscarmos nossos sonhos e aspirações. Como agora moramos em Belo Horizonte, uma cidade maravilhosa, buscamos aproveitar a cidade e a região, pois as opções próximas são muitas. Nós gostamos muito de viajar, sempre que podemos saímos de casa e vamos conhecer algum lugar novo e curtir praia, montanha, campo etc. Não importa, adoramos lugares novos e conhecer gente nova.

IT Portal - Pratica algum esporte? Toca algum instrumento musical?

Manuel Landeiro - Gosto muito de jogar vôlei, mas não tenho praticado muito. Adoro música, especialmente rock, mas apenas como ouvinte. Confesso que meus dotes musicais não são muito desenvolvidos.

Login