Você está aqui: HomeEquipe IT PortalPing-PongO profissional não deve ficar parado no tempo

O profissional não deve ficar parado no tempo


“Por ser uma área muito dinâmica, exige muito das pessoas envolvidas e, por estarem focados em um tipo de trabalho acabam não vendo a necessidade do mercado e assim, dedicar tempo suficiente para estudar ou conhecer as necessidades do setor de TI” explica.

De acordo com Gaffo, a falta de valorização nos profissionais, muitas vezes, acaba desmotivando o profissional e fazendo com que ele continue no mesmo estágio. Principalmente no início da carreira, “por ser um setor de grande rotatividade onde muitos profissionais acabam não tendo a valorização e a motivação inicial necessária para continuar com o seu progresso”.

Para melhorar esse quadro, ele destaca que é importante o profissional manter o foco no seu objetivo e não se deixar levar por qualquer fator que o desmotive, além de continuar crescendo profissionalmente e sempre se mantendo informado sobre as tendências e as novas tecnologias.

“Uma das soluções para a falta de tempo, que é uma das maiores dificuldades encontradas no setor, são os cursos à distância”, sugere o programador.

A equipe IT Portal conversou com ele sobre essa necessidade de atualização do profissional. Veja como foi:

IT Portal - Quais dicas você dá para quem quer seguir carreira neste setor?

Robert Gaffo - Ter em mente sempre seu objetivo e se atualizar sempre. TI é uma área muito competitiva, mas é completamente possível qualquer um chegar onde quiser, basta querer.

IT Portal - Quais as dificuldades que mais encontra neste setor (TI)?

Uma das maiores dificuldades encontradas é o tempo. Muitas vezes exige-se muito tempo para obter algo, um reconhecimento, por exemplo. Para quem está começando a falta de valorização dos profissionais também é uma das dificuldades encontradas no setor de TI, muitas vezes desmotivadora, mas os profissionais não podem deixar que esses fatores o influenciem, temos que ter sempre em mente nosso objetivo.

IT Portal - E compensa?

Robert Gaffo - O setor de TI tem suas dificuldades, mas todos os seus prazeres são compensadores. É uma excelente área para pessoas dinâmicas que gostam de estar sempre em dia com a tecnologia.

IT Portal - É possível hoje, fazer um bom curso e-learning e ser reconhecido no mercado profissionalmente? (Quero dizer, o profissional pode apresentar um currículo com cursos à distância e ter valorização profissional por meio deles, ou apenas os cursos presenciais são valorizados no mercado?)

Robert Gaffo - Na minha percepção, cursos presenciais ainda são mais valorizados, pois dá uma falsa sensação de ter tido um aproveitamento melhor e ter obtido mais conteúdo. Acredito que o e-learning tem um longo caminho pela frente, e que está em processo de maturação e aceitação.  

IT portal - Acha que a Web 2.0 pode ajudar a massificar o e-learning?

Robert Gaffo - Acredito que a Web 2.0 pode e vai ajudar a muitas pessoas. A promessa da Web 2.0 é a velocidade de troca de informações mais dinâmicas, quando isso acontecer acredito que cursos a distância serão mais populares do que são hoje e muito mais usuais, além do acesso a informação que será muito mais rápido do que é hoje.

IT Portal - A qualidade dos cursos está totalmente ligada a essa evolução?

Robert Gaffo -Não, acredito que a qualidade dos cursos está mais ligada aos profissionais do que a qualquer tipo de evolução. Não adianta ter a melhor tecnologia do mundo para aprendizado se ninguém se interessar em aprender, não acha?

Login