Você está aqui: HomeEquipe IT PortalCarreira

Carreira

Debate sobre criação de um acordo coletivo de trabalho nacional para TIC

No dia 23 de março o Presidente Márcio Girão e o Secretário Geral, Algacyr Formiga, da FENAINFO, participaram de um debate em Fortaleza-CE a convite da FENADADOS (coordenado por Ademir Diniz e Cláudio Barbosa – Rochinha) sobre a criação de um acordo coletivo de trabalho nacional.

Márcio Girão discorreu sobre as dificuldades de um acordo nacional pela própria natureza da Fenainfo em relação aos sindicatos regionais, dos ritos legais para os acordos coletivos em geral, e das diferenças regionais do país em relação aos itens envolvidos nesses acordos.

Mesmo assim, não descartando a hipótese de entendimento para um possível acordo nacional em aspectos da questão laboral e elencando diversos benefícios para ambas as federações, Girão propôs, e foi aceito pela Fenadados, a criação imediata de um grupo de trabalho conjunto para analisar a questão.

Girão também propôs que a Fenadados e a Fenainfo criem um canal de consultas mútuas para, eventualmente, atuarem em conjunto na defesa das questões políticas nacionais de interesse do setor, elencando vários temas que foram discutidos na ocasião como, por exemplo, Regulamentação da Profissão, Desoneração da Folha, Terceirização, Teletrabalho, Políticas de Governo, Portal do Software Público etc.

O evento também serviu para que diversos sindicatos da Fenadados manifestassem seus problemas regionais e da importância em que a Fenainfo participasse de suas soluções. Formiga aproveitou para iniciar diversas ações nesse sentido e explicar as dificuldades atuais na formação de sindicatos patronais em algumas regiões ainda não atendidas do país.

Girão considerou que o evento foi positivo, inclusive pela oportunidade de ouvir manifestações pelos sindicatos ligados à Fenadados, indicando uma demanda reprimida de ações melhor coordenadas entre as federações laboral e patronal. Finalizou que, mesmo considerando as zonas inevitáveis de conflito entre os interesses envolvidos, há espaço para uma maior aproximação que resulte em benefícios para o país, com empresas de TI mais sólidas e colaboradores cada vez mais valorizados.

Fonte: FENAINFO

Ministério das Comunicações abre 120 vagas para profissionais temporários

O Ministério das Comunicações (MiniCom) contratou a Fundação Universidade de Brasília para organizar o próximo concurso público da pasta, previsto para acontecer ainda este ano. Serão 120 vagas de caráter temporário para nível superior, nas áreas de Tecnologia da Informação,Engenharia, Administração, Informática, Direito, Arquivologia, Ciências Contábeis, Ciências Sociais Aplicadas, Economia e Estatística.

Os aprovados serão lotados nas secretarias de Inclusão Digital, Comunicação Eletrônica e Telecomunicações. O objetivo é reforçar o quadro de profissionais para reduzir o estoque de processos de radiodifusão e lidar com projetos estratégicos, como a Copa do Mundo de 2014, as Cidades Digitais, a implantação da TV digital, o lançamento do satélite brasileiro e o Programa Nacional de Banda Larga.

O edital do concurso deve ser publicado até junho e a expectativa é que as provas sejam realizadas ainda neste ano. Clique aqui para ver mais detalhes do processo de seleção.

*Com informações da Agência MiniCom

Serpro abre concurso para 360 vagas

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) terá concurso público neste ano para o preenchimento das vagas para técnicos e analistas.

Leia mais...

Curso gratuito de propriedade intelectual à distância

O INPI e a OMPI confirmaram as datas do primeiro Curso Geral de Propriedade Intelectual à distância (código DL 101P BR) em 2013. As inscrições vão de 18 de março até 7 de abril (ou até esgotarem as 2.500 vagas).

Leia mais...

Abinee vai ajudar empresas a encontrar talentos de TI

A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) lançou um serviço com o objetivo de promover o encontro entre oferta e demanda de empregos.

Leia mais...

Login