Você está aqui: HomeEquipe IT PortalAcontece

Governo lança Programa de Plataformas do Conhecimento

Com objetivo de promover o desenvolvimento de setores que podem transformar o Brasil em uma potência mundial de produção e aproximar o País da fronteira do conhecimento, o governo federal lançou o Programa de Plataformas do Conhecimento. Uma das metas do programa é criar, em 10 anos, 20 plataformas do conhecimento em áreas como agricultura, saúde, energia, aeronáutica, tecnologia da informação e comunicação, naval e equipamentos, dentre outras.

“Todas as plataformas precisam combinar a participação de grupos de excelência em pesquisa e de uma ou mais empresas ou consórcios de empresas, que os representantes da MEI aqui sabem bem que, se não houver um empreendedor para levar ao mercado uma nova tecnologia ou um novo processo produtivo, eles só ficarão na ideia”, analisou a presidenta durante solenidade no Palácio do Planalto.

A proposta prevê aumentar os investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) para 2% até 2020, a fim de reduzir a distância de países como China, Coreia e Estados Unidos, que nos últimos anos alavancaram os dispêndios nessa área para o desenvolvimento de suas economias.

No escopo do programa também estão previstas medidas como atrair profissionais altamente qualificados do exterior para atuarem em subprogramas e dotar as plataformas de regime especial de compra e contratação de pessoas. De acordo com o presidente da Finep, Glauco Arbix, “a ideia é lançar editais públicos para dar conta da demanda de interesse nacional.

- Toda nossa preocupação é preparar as bases para a gente dar um salto na CT&I no Brasil. O pressuposto disso é que nós não podemos fazer mais do mesmo. Com isso, acredito que o país se coloca no mesmo patamar dos principais países no mundo hoje - disse o presidente (veja vídeo).

O projeto será executado com apoio de instituições governamentais, como Finep, BNDES, e ministérios.

Fonte: FINEP

Prorrogada Zona Franca de Manaus

PEC aprovada em 2º turno. Zona Franca de Manaus foi criada em 1967 para estimular a geração de emprego e renda na região amazônica.

Leia mais...

Portal IPNEWS organiza debate sobre tecnologia de rede definida por software - SDN

Seminário discutirá as formas de implementação do SDN por operadoras e grandes corporações usuárias de redes corporativas

O Portal IPNews reúne no dia 16 de Abril, em São Paulo, os principais fabricantes de SDN (Software Definied Network) e integradores para um seminário sobre as vantagens das redes baseadas em SDN. Segundo o Gartner, SDN é uma nova abordagem para a concepção, construção e operação de redes, que suporta a agilidade dos negócios. A tecnologia traz para as redes um grau de agilidade semelhante ao provocado pelo efeito de abstração, virtualização e orquestração na infraestrutura de servidores.


Pesquisas de mercado indicam que este novo conceito de rede deve movimentar receitas globais de US$ 35,6 bilhões até 2016. Além da apresentação do conceito, o seminário organizado pelo IPNews discutirá as formas de implementação do SDN por operadoras de telecomunicações e grandes corporações usuárias de redes corporativas; além das mudanças provocadas no modelo de negócio dos integradores e a urgente necessidade de atualização dos profissionais da área de redes.

Serviço:
Data - 16 de Abril
Local - Auditório Abinee Av. Paulista, 1439 - 6º andar, São Paulo
Horário - 8h30 às 12h30


Fórum da Internet no Brasil aprofundará debate sobre governança da Internet

Evento será realizado por determinação do governo federal e por meio de uma parceria entre o CGI.br e o 1NET

O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) está com inscrições abertas para o IV Fórum da Internet no Brasil, que será realizado nos dias 25 e 26 de abril, em São Paulo. Com o tema “Construindo pontes com os debates multissetoriais de governança global da Internet”, o evento tem como objetivo reunir participantes dos diversos setores da sociedade para debater os desafios atuais e futuros da Internet, aprofundando temas para consolidar a expansão de uma Internet no País.

O fórum acontece logo após o NETmundial, encontro multissetorial global sobre o futuro da governança da internet, realizado por determinação do governo federal e por meio de uma parceria entre o CGI.br e o 1NET, grupo responsável por congregar organizações internacionais como Icann, IETF, Isoc, Arin, Lacnic e W3C.

Os debates promovidos durante o IV Fórum da Internet são preparatórios à participação brasileira no Internet Governance Forum (IGF), que acontecerá em Istambul, na Turquia, entre 02 e 05 de setembro deste ano. Assim como aconteceu nas edições anteriores, os eventos têm a finalidade de ser um espaço aberto para discussões acerca dos desafios atuais e futuros da Internet e será dividido em quatro trilhas temáticas: Inovação e Empreendedorismo; Segurança e Privacidade; Internet e Legislação; Princípios e Governança para a Internet Mundial.

Este ano, o CGI.br excepcionalmente não concederá auxílio para participações no Fórum da Internet, devido ao curto espaço de tempo para viabilizar as bolsas e diante da importância de que o evento aconteça no mesmo período e local do NETmundial.

A programação completa do Fórum e o formulário de inscrição estão disponíveis em http://forumdainternet.cgi.br/cadastro/

Serviço:
IV Fórum da Internet no Brasil e Pré IGF Brasileiro 2014
Datas: 25 e 26 de abril
Local: Grand Hyatt São Paulo
Endereço: Av. das Nações Unidas, 13301, Brooklin, São Paulo (SP)

Inscrições para o Prêmio Finep 2014

Desde 1998, já premiou empresas, instituições e pessoas físicas, sendo responsável pela projeção dos contemplados não apenas no Brasil, como no exterior.

Começam na próxima segunda-feira, 7/4, as inscrições para a edição 2014 do Prêmio Finep. Este ano, serão distribuídos de R$ 100 mil a R$ 500 mil para os primeiros colocados regionais e nacionais de cada categoria, no total cerca de R$ 8 milhões. O Prêmio conta com o apoio do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e do jornal O Globo. As inscrições vão até o dia 7/8.

Nesta 17ª edição do Prêmio, serão contempladas oito categorias, sendo seis regionais e duas nacionais: Regionais - Micro e Pequena Empresa, Média Empresa, Instituição de Ciência e Tecnologia, Tecnologia Social, Inventor Inovador e Inovação Sustentável; Nacionais - Tecnologia Assistiva e Grande Empresa. Os primeiros colocados regionais, em cada categoria, competem também na final nacional. Em 2014, além de Grande Empresa, a categoria Tecnologia Assistiva também passa a ser premiada nos primeiro, segundo e terceiro lugares. Outra novidade é que os três finalistas de Grande Empresa vão receber prêmios em dinheiro, além do troféu.

Oito milhões

Os ganhadores receberão, além de troféu, os seguintes valores, em espécie: Etapa regional: Micro e Pequena Empresa - R$ 200 mil; Média Empresa - R$ 250 mil; Instituição de Ciência e Tecnologia - R$ 200 mil; Tecnologia Social - R$ 200 mil; Inventor Inovador - R$ 100 mil; e Inovação Sustentável - R$ 150 mil. Etapa nacional: Grande Empresa – (1º) R$ 500 mil, (2º) R$ 250 mil, (3º) R$ 100 mil; e Tecnologia Assistiva – (1º) R$ 200 mil, (2º) R$ 150 mil, (3º) R$ 100 mil. Somados aos valores da etapa regional, o total este ano será de cerca de R$ 8 milhões em prêmios. Confira todos os detalhes no regulamento. Veja também depoimentos de vencedores da edição de 2013.

Etapas

Após o término das inscrições, haverá uma etapa de pré-qualificação, na qual será feita uma análise quanto ao preenchimento do formulário, bem como ao atendimento ao perfil, às condições de participação e às categorias previstas no regulamento. Em seguida, durante o julgamento regional, as propostas pré-qualificadas serão avaliadas por comitês de jurados compostos por especialistas, representantes de instituições inovadoras, do setor empresarial e da Finep. Os vencedores de cada região serão premiados em uma cerimônia conjunta, realizada no Rio de Janeiro, em novembro. Os primeiros colocados nessa fase concorrem à final nacional, que ocorrerá no Palácio do Planalto, em Brasília, em dezembro.

O Prêmio Finep é o mais importante instrumento de estímulo e reconhecimento à inovação no País. Desde 1998, já premiou empresas, instituições e pessoas físicas, sendo responsável pela projeção dos contemplados não apenas no Brasil, como no exterior. Em 2013, houve 570 inscrições. Conheça os vencedores nacionais de 2013 e assista ao vídeo da premiação nacional, com presença da presidenta Dilma Rousseff.

Mais informações e inscrições: http://premio.finep.gov.br/

Login